Queijos e Vinhos

Nós temos um caso de amor com Queijos e Vinhos. É despretensioso, gostoso e prático. Todo mundo já promoveu um “queijos e vinhos” em casa ou foi a um desses na casa de um amigo. A isso se junta o frio que está chegando e a vontade que dá de reunir o pessoal para tomar um bom vinho e beliscar um bom queijo. Assim, fizemos um editorial mais do que especial pra você se inspirar e que pode acabar servindo como um guia para o seu próximo evento!

A ideia aqui é brincar, experimentar e ver qual é a sua harmonização preferida. Os vinhos e os queijos podem estar todos dispostos na mesa para que cada um se sirva. Se você quiser dar uma variada, embrulhe as garrafas e faça às cegas! Abaixo você confere as nossas sugestões.

Com o queridinho da maioria, o queijo de cabra, experimente um Sauvignon Blanc. Pode ser um delicado Sancerre (Vale do Loire, França) ou um mais intenso do Chile e Nova Zelândia que despontam como ótimos produtores da uva. E como a gente nunca escolhe um único queijo… leve um Boursin que também vai super bem.

Nós optamos por um Boursin de pimenta-do-reino e um de nozes, mas fica a seu critério. Aliás, outra dica bacana é dar você mesma um “sabor” ao seu Boursin. Você pode cobrí-lo com castanhas, alecrim, erva secas e o que mais a sua imaginação permitir.

Para o Gouda, amarelinho e macio, um Chardonnay mais untuoso, com um pouco de corpo e toques de madeira. Pode ser um Bourgogne clássico (França), mas um chileno ou um californiano são ótimas opções também. Mais um queijo pra harmonizar? O bom e velho Brie!

Para quebrar um pouco das uvas tipicamente francesas, vamos de Sangiovese! Ah os vinhos italianos…. deliciosos e ótimos companheiros para a mesa. Escolha um Sangiovese com um pouco de corpo e estrutura como um Vino Nobile de Montepulciano ou um Chianti clássico. Para não sairmos do país, compre o famoso Parmesão e um Taleggio, para ter algo de diferente.

Não nos esquecemos dos bons queijos “azuis”, não. Eles serão a sobremesa, acompanhados por vinhos doces. Sugerimos um mais conhecido, o Roquefort, e um mais inusitado, mas não menos gostoso: Stilton, um queijo inglês. As harmonizações mais conhecidas são o Roquefort com o Sauternes e o Stilton com o vinho do Porto. Pois bem, experimente assim e vice-versa e veja  que combina mais. Se quiser, substitua o Sauternes por algum vinho de sobremesa do Sudoeste da França ou um Late Harvest de outra nacionalidade. As opções são inúmeras.

O legal aqui é que além de gostoso e divertido, a brincadeira rende um super aprendizado, que cá entre nós é muito válido.

 

Fotos: Bruno Geraldi

 

 

  • Camila

    combinação perfeita: queijo de cabra e Sauvignon blanc!!!!delicia!!!!

  • CozinhadeIdeias

    Guia excelente, fotos ma-ra-vi-lho-sas!!! Amei! Parabéns :)

  • Kenialopesmota

    Amei!!! Quero fazer todas as combinações! Vou começar amanhã mesmo!

  • Rafael Mantesso

    aguardando convite. grato.

  • Karyn Mattos

    O guia perfeito pra duas das coisas que mais amo! Ah, já adicionei o blog à terceira delas. hihi. O acho criativo, bem feito, esteticamente uma “belezura”! Parabéns! Acabei de criar um “tumblr gastronômico” mas sinto que não deveria falar agora pela falta de posts. hehe. De qualquer forma, segue caso interesse: seoalfacefalasse.tumblr.com
    ;)

  • walkiria

    Ótimas informações com uma produção linda! parabéns!

  • Pingback: Cervejas e chocolates no dia dos namorados | Noz-Moscada